01
set
09

“A autoironia é enorme. A escrita dos blogs é muito encenada. Quem escreve sabe que está assumindo um personagem. E isso desliza. Uma cultura online que migra para a offline e vice-versa. É uma duplicidade. As pessoas vivem nesse limite, que é uma nova forma. Nem lá, nem cá. A encenação do narrador no blog contaminou a escrita. O narrador, literalmente, perdeu a inocência. Anos atrás, ele era um deus. Hoje, ele sabe que é uma versão dele mesmo. E há milhares de caminhos de escrita. Tem até migração de sexo. É muito radical. Você poder ter a versão que quiser de você. Isso invade um comportamento e uma forma de perceber o texto.”

Heloisa Buarque de Hollanda

Anúncios

16 Responses to “…”


  1. 09/02/2009 às 20:57

    tem razão!
    É complicado, ou apenas parece, mas é algo assim!

  2. 09/04/2009 às 00:24

    Pois é, não sei se entendi direito, mas o meu blog, pelo menos nos últimos tempos, tem se ocupado de frivolidades. A literatura de verdade tem se ocupado de outros suportes, mais precisamente o word. Tenho escrito como um maluco – mas não no blog. Acabei de escrever um romance e acho que o blog não é o suporte pra isso. O romance, que ainda não tem título, tenho postado no PORTAL LITERAL, na forma de folhetins. Foi uma experiência fascinante, essa coisa do escritor sair dasua concha e ir compartilhando, capítulo a capítulo, o que está sendo escrito, com todos os acertos, incertezas e indecisões.
    Como falei acima, não sei se entendi direito. Mas gostei do resultado.

    Beijos pra você, minha linda.

    • 4 andreadelfuego
      09/05/2009 às 23:23

      Oi, Parreira! Talvez a experiência do blog esteja diretamente ligada à decisão de escrever fora dela, acho que a internet é praticamente uma terceira natureza. Seguimos velozes. Beijos!

  3. 09/05/2009 às 14:55

    Genial.

    Simplesmente genial.

    Acho que a beleza de tudo está em decifrar os detalhes, e eis os detalhes do blogs e da literatura hodierna, ipsis litteris.

    Abraços.
    André

    • 6 andreadelfuego
      09/05/2009 às 23:19

      André, é interessante como a pesquisadora consegue pensar sobre esse fenômeno estando praticamente dentro dele. Um beijo!

  4. 09/05/2009 às 16:30

    Hmmmmmmmmm, de onde saiu isso? Legal e provocativo. Pode render horas de discussão entre blogueiros surtados e escritores melindrados… kkkkkkkkkkkkkk.
    Beijos, beijos
    ;o)

  5. 09/06/2009 às 14:56

    O personagem não existe somente na escrita da internet.Ele existe nas ruas,nos bares,nos livros,na sua voz cantando no banheiro…Jovino Machado vive disfarçado de Jovino Machado!

  6. 10/28/2009 às 21:19

    Andrea,

    Este comentário da Heloisa Buarque de Hollanda, na minha opinião, é simplesmente Perfeito. Não há mais proa para a nau da Literatura. Ela se expande em múltiplas camadas, texturas, outros objetos… expandem-se as fronteiras a partir desse emaranhado.

    Um Beijo, Jorge X

  7. 01/18/2010 às 03:58

    Parece-me que é um fluxo natural da expressão escrita em um meio onde as palavras imperam. Com o tempo tornam-se vertentes distitas pela sua própria gênese. As vezes os blogs parecem-me simples casinhas onde os seres se vestem de palavras ou as vezes as guardam para não perdê-las ao caminho. Quando a volúpia da escrita evolui para uma coisa além dos blogs, bem, aí acho que sobe-se ao Olimpo das letras e vira-se narrador-Deus. E como Parreira acima comenta, vai-se para o mundo do (das) “Word”(s).
    Mas afinal, quem sou eu para dizer qualquer coisa? Além de uma mão que escreve e uma mente que lê.
    Gostei muito do blog, procurarei os livros.
    Abraço.

    • 14 andreadelfuego
      01/24/2010 às 15:18

      Obrigada, Ana! Seja benvinda. O texto na web ainda não deixa de ser um tecido, não é?

  8. 01/18/2010 às 04:07

    Li o fragmento do texto incluso no artigo e o significado me pareceu um tanto quanto diferente. Achei interessante essa tua colocação. Beijos.
    Vou virar fã.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


delfuego@uol.com.br

Eu voo com um peteleco.

Arquivos


%d blogueiros gostam disto: